sábado, novembro 12, 2005

De que adianta?

De que adianta vir ter contigo
Se olhas para mim e não me vês?
De que adianta estender-te a mão
Se passas por mim e não me procuras?
De que adianta procurar-te
Se não queres ser encontrado?
De que adianta amar-te
Senão queres ser amado?
De que adianta teres um dia procurado desesperadamente por mim
Se hoje não me queres?

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Assim não vale! Vou chorar muito com este texto!
:-(

Bjks

6:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por vezes a vida é assim, é injusta, é feita de desencontros. mais uma vez, adorei vir aqui, há muito sentimento. bjinhos.

4:25 da tarde  
Blogger Visible Silence said...

Um pequeno e simples texto... carregado e significado e sentimento...
Talvez adiante... talvez não adiante... mas só saberás se fizeres até ao fim o que o teu coração manda... até ao dia em que já não sentires esse amor a falar dentro de ti...

1:01 da tarde  
Blogger ¦☆¦Jøhη¦☆¦ said...

Olá. É muito complicado o que se sente quando oferecemos o que temos de melhor... e a pessoa alvo desse sentimento não querer receber... mas a vida é assim.

João.

12:00 da manhã  
Blogger Poesia Portuguesa said...

O amor é uma dádiva.. se o ofereces e não o aceitam, quem fica a perder é essa pessoa...

Um abraço terno ;)

5:26 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home