quinta-feira, dezembro 22, 2005

Cartão de Natal para ti



Pensei em desejar-te bom natal
Mas achei que seria banal
Igual
A tantos outros postais de natal





Pensei em dizer-te que sinto a tua falta
Em mim
No meu ser
Que sinto saudade de te ter
Mas tive medo de saber
Que tinhas deitado fora a carta

Pensei em mandar-te uma SMS
Mas achei
Que como tantas outras
Ficaria sem resposta
Ou que seria apagada
Deitada fora
Lançada ao vento

Pensei
Em dizer-te que te quero
Que te procuro
Que em cada passo te perco
Em cada memória te encontro
Em cada rosto te vejo
Em cada carícia do vento te sinto

Mas achei que não quererias
ouvir o que tanto te quero dizer

Pensei em perguntar-te porquê
Mas achei que o teu porquê
Seria a morte da minha alma

Decidi então oferecer-te as duas coisas
Que um dia quiseste roubar
Sem saber que já eram tuas
E mesmo sabendo que as não queres
Toma, são teus, aqui estão
A minha alma e o meu coração

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

É a mais bonita prenda de Natal! Bjinhos.

10:12 da manhã  
Blogger Francis said...

Não podem haver prendas melhores!
Como prenda tua, espero cotinuar a contar com a tua presença por muito tempo :-)
Beijinhos!!!

11:47 da manhã  
Blogger Que Bem Cheira A Maresia said...

Quanta paixão dorida num coração que brota amor por todos os lados..., como são cegas as pessoas e como é triste vê-las acordar depois de perderem.

renovo votos de um Feliz Natal!

Beijo da Lina/Mar Revolto

p.s. uauuuu, ja tenho net da boa :)

1:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Uma prenda como essa quem quereria outra???

BJOKAS e um SANTO NATAL

5:01 da tarde  
Blogger lena said...

como se sente cada verso teu.
esta é a mais bela prenda que alguém pode receber

beijinhos

lena

10:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

adorei... beijos fofos, tu sabes de quem.

12:29 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home