segunda-feira, janeiro 16, 2006

O beijo à distância




















Levemente encostei os lábios nos teus
Assim como se fosse uma brisa de vento
Afaguei-te os lábios com os meus
Lentamente, delicadamente, com toda a minha sede de ti
Beijei-te com a saudade da tua ausência
E a vontade do meu imenso querer

Senti-te estremecer num calafrio
Que te deixou inquieto e pasmo
Um tremer de lábios intenso
Que te atiçou a alma e te tirou a calma

Vi-te levar a mão aos lábios
Num desassossego inquieto
Vi-te morder o lábio com força
Na lembrança de outros beijos
Vi-te abanar a cabeça de descrença
Num momento de deja vu

Vi os teus olhos escurecer de saudade
Vi-te passar as mãos pelo cabelo, confuso e triste
E fechar as mãos com a força da vontade
Do desejo desperto
Da nostalgia do ter perdido
Da mágoa do amor agora adormecido

Sorri ao longe,um sorriso triste e matreiro
Encostei a cabeça ao vidro gelado da janela
E na força do pensamento
Beijei-te uma e outra vez
Com a certeza de que o desejo
Despertou e tomou conta de ti
E que a minha presença no teu eu
Ficou mais impregnada e profunda
Do que se eu estivesse aí
Ao pé de ti

O toque leve da brisa nos teus lábios
Fez-te perder a razão
E mergulhas-te irremediavelmente
Nas memórias de nós dois
E foste meu...mais uma vez

11 Comments:

Blogger Carla said...

Lindo!!!!
...E foste meu mais uma vez...

Tantas vezes as memórias atraiçoam e desejo ter sua boca unida à minha...

Bjx e boa semana

12:12 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Se se sente teu à distancia, será teu para sempre! Bjocas.

10:59 da manhã  
Blogger Night said...

Muito muito bonito, lindo de mais este teu poema, beijinhos*

12:52 da tarde  
Blogger Francis said...

O amor não conhece barreiras nem distâncias. Assim o parece :-)
Beijinhos!

1:41 da tarde  
Blogger Nostalgia infinita... said...

Passei e gostei do que li.
Vou tentar voltar com mais tempo.

joão vidal

1:58 da manhã  
Blogger Stressless said...

Bem... já agora para que não sintas que estou zangado contigo, porque não estou mesmo!
Um beijo também à distância.

10:37 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ao ler os teus textos parece que me sinto a sonhar...
É lindo...E A MUSICA MARAVILHOSA
Bjokas

11:44 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Excelente momento deliciosamente beijado em cada palavra tua. Música adorável. Beijos

3:00 da tarde  
Blogger Flor said...

delicia de beijo dado por ti ..
Beijo meu

4:13 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Dalila
E um beijo tem às vezes um imenso poder!
Um beijo
Daniel

6:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olhar, beijos, saudade ...que sentimentos. Como lamento conhecer a saudade para não poder colocar em pratica os outros sentimentos que descreves...Beijo, deculpa a ausência ***

8:31 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home